sábado, 8 de Dezembro de 2007

ARTESANATO CHINÊS

Esculturas de Marfim

Num país milenar como a China, não podia faltar o vasto desenvolvimento de um artesanato rico e variado.
Assim o seu artesanato é apreciado em todo o mundo pela refinada técnica e grande variedade. Este inclui principalmente: porcelanas e cerâmicas, sedas, bordados, “cloisonné”, objectos de laca, esculturas de marfim e jade, tapetes e pinturas ou caligrafias.
Em 1915, na Feira Internacional do Pacífico, foi apresentada por artesãos de Guangzhou (Cantão) uma bola de marfim com 26 capas sobrepostas. Esta obteve a medalha de ouro. Hoje com o aperfeiçoamento da técnica podem produzir bolas com 42 capas móveis…-

Parte I - MARFIM ESCULPIDO
Pegando na anterior breve introdução queremos neste artigo testemunhar o nosso encantamento ao termos tido a oportunidade de apreciar ao vivo uma exposição de peças de marfim, que esteve patente ao público no hall de um hotel de Guangdong durante a nossa última viagem à China (Outubro 2006).
Mal entramos no dito, deparamo-nos com um conjunto lindíssimo representativo de um banquete dos tempos imperiais. A perfeição de todas as minuciosas esculturas com fino e elegante recorte, que mais parecia um bordado, fez-nos duvidar à primeira vista se realmente se tratava de marfim esculpido ou de…plástico!
Depois avançamos para outros conjuntos de esculturas e a cada passo mais impressionados ficávamos com o que nos era facultado admirar. A arte e a elegância das peças expostas faziam-nos duvidar sobre qual recairia a nossa escolha em caso de compra. No entanto essa hipótese logo foi posta de parte, pois como sabemos o marfim é dos produtos proibidos de “importar” para a Europa, por ser de origem animal… tanto mais tratando-se de espécies em via de extinção. Por isso ficámo-nos só com o encantamento visual e aproveitámos para tirar fotos que agora vos apresentamos.
Numa dessas fotografias uma bola de marfim…Quantas capas? Não sei ao certo, mas são muitas e todas finamente recortadas…
Durante a exposição podíamos assistir à exibição de um vídeo que nos mostrava os artesãos em pleno trabalho e a execução de uma dessas bolas e a técnica de separar essas numerosas capas móveis que ficavam no seu interior.
Uma maravilha! Contentem-se com as imagens, tal como eu…

Sem comentários: